Skip to content

Lesão Labral – Lesão do lábio/labrum acetabular

A lesão do lábio acetabular pode ser uma fissura ou destacamento entre o lábio e a borda do acetábulo, ou uma degeneração da substância labral. O paciente acometido pela condição pode apresentar sintomas dolorosos e até mesmo ter a mobilidade do quadril reduzida.

Neste artigo, você entenderá mais sobre a lesão labral, quais são as suas causas, bem como é feito o tratamento adequado para a condição. Boa leitura!

Paciente afetado por dores da lesão labral

O que é a lesão do lábio acetabular?

O lábio acetabular é uma estrutura fibrocartilaginosa que recobre a borda do acetábulo (região da bacia onde se encaixa a cabeça do fêmur) e que tem diversas funções essenciais para manter o quadril saudável. Assim sendo as principais funções do lábio acetabular:

  • Estabilização da articulação;
  • Aprofundamento do acetábulo;
  • Efeito de selar a articulação;
  • Pressurização e distribuição do líquido sinovial.

A lesão do lábio acetabular pode ser uma fissura ou destacamento entre o lábio e a borda do acetábulo ou uma degeneração da substância labral.

 

Lesão Labral | Dr. Felipe Bessa
Ilustração mostrando o lábio acetabular íntegro na primeira imagem e lesão no lábio acetabular na segunda imagem, evidenciando o destacamento da borda do acetábulo.

Como a lesão labral é causada?

A lesão labral, principalmente no contexto do lábio acetabular no quadril, pode ocorrer por diversas causas, tais como:

  • um trauma no quadril;
  • impacto fêmoro-acetabular;
  • alterações do formato do quadril;
  • doenças congênitas;
  • doenças do desenvolvimento do quadril;
  • doenças degenerativas;
  • frouxidão ligamentar generalizada.

Quais são os sintomas da lesão labral?

O principal sintoma da lesão no lábio acetabular é dor, geralmente sentida na região da virilha. Ademais, as dores podem ser piores aos esforços físicos e movimentos do quadril.

Além disso, o paciente com lesão labral pode apresentar também:

  • Dores na região lateral do quadril, na coxa, no púbis e até na região lombar;
  • Estalos no quadril;
  • Diminuição da mobilidade do quadril;
  • Dificuldade para praticar atividades esportivas.

É necessário buscar um ortopedista especialista no tratamento de condições do quadril caso apresente um ou mais destes sinais. Um diagnóstico adequado é de extrema importância, a fim de garantir ao paciente uma recuperação mais rápida para a lesão labral.

Agendar uma avaliação inicial com o Dr. Felipe Bessa

Como a lesão do labrum acetabular é diagnosticada?

O diagnóstico da lesão do labrum acetabular pode depender, essencialmente, de exames de imagem. Além disso, o histórico do paciente e o exame físico também são importantes. As opções de exames para diagnosticar a condição são:

  • Ressonância Magnética: O principal exame para diagnóstico da lesão labral é a Ressonância Magnética (RM) do quadril. A partir dela, é possível identificar o tamanho, tipo e localização da lesão;
  • Artro-Ressonância Magnética: Em alguns casos em que a lesão é pequena e não pode ser vista através da RM, pode-se realizar a artro-Ressonância. Realiza-se o exame com o contraste no quadril, que facilita a visualização da lesão;
  • Artroscopia Diagnóstica: Em último caso, pode ser feita a artroscopia diagnóstica, procedimento no qual a articulação do quadril é visualizada com uma câmera a fim de localizar a presença de alguma lesão. Caso o ortopedista de quadril identifique uma lesão, a mesma é tratada.
Lesão Labral | Dr. Felipe Bessa
As imagens mostram um corte coronal e um corte axial de ressonância magnética de quadril direito, evidenciando uma lesão labral ântero-superior.

Como é o tratamento da lesão labral no quadril?

Trata-se a lesão labral de forma conservadora ou cirúrgica. Para o tratamento da condição de forma clínica, recomenda-se:

  • Alterações nas atividades físicas e cotidianas que desencadeiam a dor;
  • Uso de medicações analgésicas e anti-inflamatórias;
  • Fortalecimento e reequilíbrio muscular ao redor do quadril.

Entretanto, nos casos em que não há melhora com o tratamento conservador, deve-se tratar a tanto a lesão labral, quanto a causa da lesão, através da cirurgia de artroscopia do quadril.

Como ocorre a artroscopia de quadril para lesão labral?

Indica-se a artroscopia de quadril para pacientes que não apresentaram resposta clínica ao tratamento conservador para lesão labral. Realiza-se o procedimento de forma minimamente invasiva, com o auxílio de câmera inserida no quadril.

Artroscopia de Quadril | Dr. Felipe Bessa
Imagem ilustrando a artroscopia de quadril, cirurgia realizada com 2 ou 3 pequenos cortes na pele, com auxílio de câmera e instrumentos especiais.

Na cirurgia, o ortopedista especialista em cirurgia do quadril fará o reparo da lesão, por meio de fixação com âncoras ou desbridamento de lesões degenerativas. Além disso, no procedimento também é feita a correção de outras alterações, tais como o impacto fêmoro-acetabular.

Sutura do Labrum no Tratamento da Lesão Labral - Dr. Felipe Bessa

A lesão do lábio acetabular é uma condição que precisa ser tratada de forma eficaz, assim como a sua causa associada. Portanto, é importante buscar um ortopedista especialista em quadril em casos de dor significativa e limitação da mobilidade do quadril, para obter um diagnóstico preciso.

Não deixe a dor limitar suas atividades diárias; procure um especialista para uma avaliação detalhada e inicie a sua recuperação completa para a lesão labral.

Agendar uma avaliação com o Dr. Felipe Bessa

Referências
The Adult Hip – Hip Preservation Surgery – Clohisy, Beaulé, Della Valle
Mayo Clinic – (https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/hip-labral-tear/symptoms-causes/syc-20354873)
Hip Arthroscopy and Hip Joint Preservation Surgery – Nho, Leunig, Larson, Bedi, Kelly

FAQ

O que é uma lesão labral no quadril?

A lesão labral no quadril é uma lesão no lábio acetabular, estrutura de fibrocartilagem que recobre a região da bacia onde a cabeça do fêmur está encaixada. Sendo assim, a lesão pode ser uma fissura ou um desgaste cujo principal sintoma é a dor na região da virilha.

Qual a função do labrum?

O labrum ou lábio acetabular recobre o acetábulo, região da bacia onde a cabeça femoral se encaixa. Desse modo, ele serve para estabilizar o quadril, selar a articulação, pressurizar e distribuir o líquido sinovial.

Como tratar uma lesão da articulação do quadril?

Diversas são as lesões que podem acometer a articulação do quadril. Portanto, o tratamento vai depender de qual é a lesão e das particularidades do paciente. Geralmente trata-se uma lesão labral através de Fisioterapia e analgésicos e, em casos persistentes, com cirurgia.

O que é a fissura no quadril?

O termo “fissura no quadril” está geralmente relacionado a uma fissura no lábio ou labrum acetabular. Essa lesão acomete geralmente paciente jovens, que cursam com dor na região da virilha, impedindo ou dificultando a prática esportiva.

Back To Top