skip to Main Content

Subcondroplastia

O que é e quando está indicada?

A subcondroplastia é um procedimento cirúrgico no qual se realiza a injeção de enxerto ósseo sintético para preenchimento de cistos no acetábulo ou na cabeça femoral, em casos em que o paciente não apresenta artrose do quadril avançada.

Esses cistos são regiões do osso onde há perda do conteúdo ósseo, tornando-se verdadeiros buracos próximos da articulação.

Subcondroplastia | Dr. Felipe Bessa
Imagem à esquerda mostrando a presença de cistos no acetábulo e na cabeça do fêmur. Na imagem do meio, o procedimento de subcondroplastia é realizado, com a aplicação de enxerto sintético nos cistos. A última imagem mostra o resultado ao final do procedimento.

Como é realizada?

Esse procedimento é realizado de forma minimamente invasiva, com dois pequenos cortes na pele e associado à artroscopia do quadril para inspeção da articulação e auxílio durante a aplicação do enxerto ósseo, verificada também por radioscopia (exame de imagem similar à radiografia).

Subcondroplastia | Dr. Felipe Bessa
Imagem de radioscopia durante a realização da subcondroplastia, evidenciando o cisto acetabular, a cânula utilizada para aplicação do enxerto e a câmera para auxiliar na visualização do procedimento.

A técnica desse procedimento foi descrita com a participação do Dr. Felipe Bessa e publicada na revista internacional Arthroscopy Techniques, e encontra-se na íntegra. Clique aqui.

O que se espera da subcondroplastia?

A injeção do enxerto no cisto ósseo acetabular permite a remodelação e formação óssea no cisto, promovendo sustentação óssea no local, melhorando a dor e função do quadril acometido, sem que o paciente necessite ser submetido a procedimento mais invasivo.

Além disso, como é associado à artroscopia do quadril, outras lesões intra-articulares podem ser abordadas, sendo essa outra característica vantajosa deste procedimento.

Como é a recuperação após a subcondroplastia?

O paciente recebe alta no dia seguinte da cirurgia. Está liberado para pisar também no dia seguinte ao procedimento, com auxílio de muletas por 2 semanas, e pode caminhar sem apoios após esse período.

Deve realizar Fisioterapia para auxiliar no manejo da dor, para ganho de fortalecimento muscular e de movimento no quadril operado.

O tratamento ideal deve ser individualizado e definido após uma avaliação médica criteriosa.
Consulte um especialista em quadril.

Referências
Surgical Treatment of Subchondral Bone Cysts of the Acetabulum With Calcium Phosphate Bone Substitute Material in Patients Without Advanced Arthritic Hips – Felipe Bessa e outros autores

FAQ

1. Como é feita a condroplastia?

A condroplastia ou subcondroplastia é feita com a injeção/aplicação de enxerto ósseo sintético no local onde há um cisto ou edema ósseo, com auxílio de câmera artroscópica e radioscopia.

2. Como diminuir edema ósseo?

O edema ósseo tem diversas causas; as principais são trauma local e alterações degenerativas da cartilagem que recobre o osso. No caso dos traumas, repouso, gelo, anti-inflamatórios e apoios de marcha (muleta ou bengala) estão indicados. Já nos casos degenerativos, a subcondroplastia, procedimento no qual se faz injeção de enxerto ósseo, pode reduzir os sintomas causados pelo edema ósseo.

3. O que pode ser um cisto no quadril?

Um cisto no quadril pode ser uma lesão tumoral benigna ou pode ser uma consequência de lesão degenerativa da cartilagem que recobre o osso no local do cisto, fazendo com que o líquido sinovial (que fica dentro da articulação) entre no osso, gerando a formação do cisto.

No quadril, em casos de cisto no acetábulo ou na cabeça do fêmur sem artrose ou com artrose inicial, o cisto pode ser tratado com a subcondroplastia, procedimento no qual se faz a injeção de enxerto ósseo sintético para preenchimento do cisto.

Back To Top